O que precisa de saber sobre o carregamento da bateria de um carro elétrico

Ekonomista
Por Ekonomista 1 Julho 2020  •  6 Minutos
Sabe como funciona o carregamento de um carro elétrico? Sabia, por exemplo, que é indispensável ter um cartão específico para carregar a bateria?

 

São cada vez mais os veículos elétricos vendidos em Portugal. Afinal, mudar de um carro convencional para um carro elétrico envolve algumas adaptações, por isso, surgem também algumas dúvidas. Uma das principais dúvidas, diz respeito ao carregamento da bateria de um carro elétrico e qual o impacto que isso tem no dia a dia.

 

Nos carros convencionais, o abastecimento com combustíveis fósseis (diesel ou gasolina) é feito através da deslocação até um posto de abastecimento. 

 

Geralmente, o abastecimento é feito uma vez por semana, mas há condutores que optam por atestar o depósito, por exemplo, e podem passar muitos dias sem precisar abastecer o carro. E com o carro elétrico, o que muda?

 

Dependendo do seu estilo de condução, dos quilómetros que percorre diariamente e do automóvel escolhido, pode ter de carregar o veículo diariamente. Por isso, a frequência de carregamento é um fator que, para muitos condutores, exige alguma adaptação. 

 

Carregar um carro elétrico, por onde começar?

 

De acordo com dados da MOBI.E, existem 1250 pontos, ou tomadas de carregamento, numa rede de 600 postos espalhados por 50 municípios do país, e todos eles passaram a ser pagos a partir de julho de 2020.

 

Para usufruir desta rede tem, necessariamente, de celebrar um contrato com um CEME – Comercializadores de Energia de Mobilidade Elétrica. Após esta celebração, o seu CEME irá enviar-lhe um cartão e só então poderá carregar o carro. Através do cartão, o condutor pode ter acesso a rede pública de Postos de Carregamento Normal (PCN) e Postos de Carregamento Rápido (PCR).

 

Mesmo existindo Postos de Carregamento Rápido à disposição, tenha em consideração que, no mínimo, irá precisar de 30 minutos para carregar até 80% da autonomia do automóvel. 

 

 

Certamente, já se apercebeu que o tempo de carregamento e a frequência são fatores a ter sempre em conta. Como tal, o uso deste tipo de automóveis requer planeamento e atenção por causa das autonomias e tempos de carregamento. 

 

Agora, saiba tudo o que precisa para carregar o seu carro dentro e fora de casa.

 

1. Onde carregar a bateria do carro elétrico?

 

Os veículos elétricos podem ser carregados em dois locais distintos:

  • Em casa, através de uma tomada doméstica ou de uma Wall box
  • Na rua, através de postos de carregamento da rede 

 

1.1. Carregamento em casa através de tomada doméstica

 

A bateria do carro elétrico pode ser carregada através de uma tomada doméstica de dez amperes. Para tal, basta utilizar um cabo próprio para o efeito que é o único que tem uma ponta que permite ligar à tomada doméstica. No entanto, pode encontrar esta informação no manual de instruções do seu automóvel.

 

Contudo, apesar de facilmente acessível a qualquer pessoa, e de ter a possibilidade de o fazer em qualquer lugar, o tempo de carregamento utilizando este meio é muito elevado, e não é uma boa opção.

 

Para além disso, à medida que aumenta a autonomia destes automóveis, aumenta, igualmente, o tempo de carregamento dos mesmos.

 

A título de exemplo, o Hyundai IONIQ Electric está equipado com um carregador de 7,2 kW que permite converter a potência das tomadas domésticas em potência que permite o seu carregamento.

 

No entanto, utilizando este sistema, o tempo de carregamento do IONIQ Electric, um veículo com uma bateria de polímero de iões de lítio de 38,3 kW e uma autonomia de 311 km, é de 35h30 para carregar a bateria a 100%.

 

1.2. Carregamento em casa através de Wall box

 

A Wall box é, de uma forma simples, um posto de carga doméstico. Este sistema permite transferir uma maior quantidade de energia elétrica para o veículo, por minuto, reduzindo o tempo de carregamento do mesmo.

 

A aquisição de uma Wall box é essencial para o carregamento da bateria de um carro elétrico.

Comparativamente ao carregamento através de uma tomada doméstica, a utilização de uma Wall box permitiria reduzir o tempo de carga do IONIQ Electric em cerca de 29h.

 

Assim, em vez de demorar 35h30 até ter a carga máxima, a bateria deste carro estaria carregada em cerca de 6h05.

 

As Wall boxs podem ser adquiridas em diversas empresas, nomeadamente, nos próprios fabricantes de veículos elétricos.

 

1.3. Carregamento na rua em postos de carregamento elétrico 

 

A rede é composta por três tipos de postos de carregamento: postos normais de 3,7 kVA, postos semi-rápidos de 22 kVA, e postos rápidos de 43 kVA.

 

Os postos de carregamento rápido, conhecidos também como superchargers, podem ser encontrados, na sua maioria, em áreas de serviço de autoestradas, e permitem carregar até 80% da bateria em cerca de 30 minutos.

 

Nestes postos (superchargers) terá de ter em atenção o cabo que escolhe. Os cabos distinguem-se facilmente pelo molde de entrada, mas caso tenha dúvida em qual deve escolher, consulte o manual de instruções do seu automóvel.

 

Não se esqueça que para usufruir desta rede tem de celebrar um contrato com um CEME. O funcionamento da rede e dos CEME será explicado de seguida para que compreenda todo o processo.

 

2. Como funciona a rede de carregamentos pública

 

Para perceber como funciona a rede pública, é importante, primeiro, conhecer alguns conceitos:

  • Utilizadores de Veículos Elétricos (UVE): proprietários de um veículo elétrico
  • Comercializadores de Energia de Mobilidade Elétrica (CEME): conjunto de empresas fornecedoras de energia com oferta comercial para a mobilidade elétrica
  • Operadores de mobilidade: conjunto de empresas certificadas responsáveis pela instalação e operação dos postos de carregamento

 

2.1 Postos de carregamento gratuitos

 

Existem, à data, vários postos de carregamento normal de 3,7 kVA, onde não existe qualquer custo associado ao carregamento.

 

Estes postos encontram-se espalhados pelos diversos municípios e, apesar da gratuitidade ser uma vantagem, o tempo de carregamento bastante demorado é uma clara desvantagem.

 

A lista de postos gratuitos, assim como a sua disponibilidade em tempo real, pode ser consultada no site ou aplicação móvel da MOBI.E. 

 

2.2 Postos de carregamento pagos

 

2.2.1 Custos com o CEME

 

Para que seja possível realizar um carregamento nos postos da rede, os UVE necessitam celebrar um contrato com um CEME.

 

O CEME enviará ao UVE, após a celebração do contrato, um cartão que permite ao UVE aceder aos postos da rede pública.

 

Independentemente do CEME que escolher, pode carregar o seu carro em qualquer posto de abastecimento da rede pública.

 

Os CEME apresentam diferentes ofertas comerciais, adaptadas a diferentes consumidores. Pode, por exemplo, ser cobrado um valor por kW, ou pode ser criado um pacote de energia.

 

A lista de CEME com oferta nos dias de hoje pode ser consultada no site da MOBI.E.

 

2.2.2 Custos com os operadores de mobilidade

 

Os operadores de mobilidade, gestores dos postos de carregamento da rede, têm autonomia para definir diversos aspetos relacionados com a operacionalização dos seus postos, nomeadamente:

 

  • encargos da ativação do serviço
  • limitação de tempo disponível para o carregamento 
  • limitação de kW debitados

 

Os custos definidos por estes operadores não são iguais em todos os postos, podendo variar considerando a procura por parte dos UVE.

 

A informação referente aos custos de utilização do posto têm que estar disponíveis, de forma visível e explícita, em cada posto.

 

Além disso, esta informação pode também ser consultada, a qualquer momento, no site ou aplicação móvel da MOBI.E.

2.2.3 Carregar o carro num posto público: passo a passo

 

Agora que sabe como funciona a rede e após ter celebrado o contrato com o CEME, ter recebido e ativado o seu cartão é fácil colocar o seu carro a carregar. 

 

10 passos para carregar um carro elétrico na rede pública

 

  1. Deslocar-se até um posto de carregamento
  2. Passar o cartão no posto no local indicado para leitura do mesmo
  3. Selecionar o carregamento
  4. Escolher a tomada
  5. Conectar a ficha ao veículo 
  6. Carregamento iniciado
  7. Para terminar o carregamento deve passar o cartão no posto no local indicado para leitura do mesmo
  8. Selecionar a opção terminar carregamento
  9. Retirar a ficha do veículo 
  10. Carregamento concluído

 

 

A rede de postos e carregamento pode ser consultada no site da empresa e na aplicação móvel.

Tecnologia associada

Elétrico Com uma bateria de grande capacidade terá toda a liberdade de que precisa.
Ekonomista
Ekonomista O Ekonomista é um publisher de referência nacional com expertise editorial na área de Motores. Como parceiros da Blue Academy, a nossa missão é descomplicar os temas relacionados com a eco mobilidade.
Pessoas presentes na inauguração da estação de carregamento de carros elétricos

Já existe uma estação de carregamento para carros elétricos em Portugal

Por UVE
Hyundai KAUAI na estrada

Quanto custa carregar um carro elétrico?

Por Ekonomista
Carregamento de um carro elétrico

O desenvolvimento da rede nacional de carregamento de carros elétricos

Por Galp
Carregamento de um veículo elétrico

Manutenção de um carro elétrico: tudo o que precisa de saber

Por Hyundai Portugal
Aplicação EDP EV.X para veículos elétricos

EDP EV.X – A aplicação que simula a utilização de um veículo elétrico

Por EDP

Hyundai lança 1º carro com sistema de carregamento solar

Por Hyundai Portugal
Top