subscrever newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba as novidades em primeira mão

Sucesso!

A sua subscrição foi registada!
carros movidos a hidrogenio

Carros movidos a hidrogénio: tudo o que precisa de saber

Ekonomista
Por Ekonomista 1 Fevereiro 2021  •  6 Minutos
carros movidos a hidrogenio

O que são os carros movidos a hidrogénio? Como funcionam e quais são as suas vantagens e desvantagens? Conheça tudo sobre esta tecnologia neste guia completo.

 

A indústria automóvel tem sofrido alterações que a conduzem a novos paradigmas relacionados com uma mobilidade mais ecológica. 

 

Sim, as novidades e evoluções são muitas e surpreendentes. Tudo isto porque é necessário apostar numa mobilidade mais verde e amiga do ambiente. Com isto surgiram os carros híbridos, elétricos e ainda os carros movidos a hidrogénio.

 

Mas, o que são os carros movidos a hidrogénio? Como funcionam, quais são as suas vantagens face às outras tecnologias verdes?

 

Neste artigo irá encontrar a resposta a estas e outras perguntas relacionadas com esta tecnologia. No fim irá perceber o que é, como funciona e as vantagens de um carro a hidrogénio.

 

O que são carros movidos a hidrogénio?

 

Os carros movidos hidrogénio são veículos ecológicos que utilizam o hidrogénio como fonte de energia. Estes automóveis também são conhecidos como: fuel cell, célula de combustível ou ainda a pilha de hidrogénio.

 

Os carros a hidrogénio também são carros 100% elétricos. Como tal, não emitem gases poluentes enquanto circulam.

 

Se a esta altura está confuso ou a perguntar-se qual é a diferença entre os carros movidos a hidrogénio e os 100% elétricos que se abastecem através da rede elétrica, a resposta é simples: a fonte de combustível.

 

Como o próprio nome indica, neste carros o “ingrediente” principal para gerar energia elétrica é o hidrogénio. Assim, os carros a hidrogénio produzem eletricidade no próprio veículo, não sendo necessária uma ligação à rede elétrica.

 

Como funcionam os carros a hidrogénio?

 

Tal como referido anteriormente, o hidrogénio é a fonte de combustível. É este o elemento essencial que irá fazer produzir energia elétrica. Mas de que forma?

 

No carro existe um conjunto de fuel cells (que formam a pilha de combustível) montadas que juntam o hidrogénio presente no tanque de abastecimento do carro e o oxigénio retirado do exterior, originando uma reação química.

 

Desta reação química resulta energia eléctrica, que por sua vez alimenta o motor elétrico para assim mover o carro.

 

Como referido, os carros a hidrogénio são totalmente elétricos. Como tal, não emitem qualquer tipo de gás poluente para a atmosfera. Além desta característica, esta tecnologia tem uma particularidade bastante interessante: ação purificadora.

 

Sim, os carros movidos a hidrogénio têm uma ação purificadora porque da reação entre o hidrogénio e o oxigénio forma-se vapor de água. Este vapor de água é libertado para o meio ambiente à medida que o carro circula.

 

Para demonstrar que este vapor de água é puro e não tem qualquer tipo de implicação no ambiente ou na saúde pública, a Hyundai convidou a atleta olímpica Mireia Belmonte para treinar dentro de uma bolha diretamente ligada ao tubo de escape do Hyundai NEXO.

 

Os automóveis a hidrogénio também têm baterias elétricas?

 

Tal como os automóveis elétricos “convencionais”, os carros movidos a hidrogénio também possuem uma bateria. Todavia, esta bateria é de dimensões bastante inferiores, quando comparada com a dos elétricos tradicionais.

 

Para ilustrar melhor as diferenças e para que tenha noção da realidade, a bateria dos veículos a hidrogénio é de apenas 1,6 kWh e a dos elétricos tradicionais é de 40 kWh ou mais.

 

As baterias dos carros hidrogénio servem apenas para auxiliar no arranque e outros momentos em que é exigido ao automóvel níveis mais elevados de potência.

 

No entanto, apesar de não terem uma bateria elétrica tão potente, os carros movidos a hidrogénio têm as pilhas de combustível que trabalham para fornecer potência ao automóvel.

 

No caso do Hyundai NEXO, a pilha de combustível fornece 95 kW de potência, que como visto, é superior à grande maioria das baterias de carros elétricos.

 

Como é que se carregam os carros movidos a hidrogénio?

 

Ao contrário do oxigénio, que é retirado do exterior, o hidrogénio tem que ser “carregado” no automóvel, ou seja, é como abastecer o carro com gasolina ou diesel.

 

Aliás, o hidrogénio pode ser armazenado à superfície, tal como acontece com o diesel e gasolina nos postos de combustível tradicionais. 

 

E esta forma de abastecer este tipo de automóveis é, sem dúvida, uma das maiores vantagens desta tecnologia.

 

O tanque que se encontra nestes carros aguenta abastecimentos na ordem dos 6 kg de hidrogénio

 

E sabe quanto tempo demora a abastecer 6 kg de hidrogénio? Cerca de 5 minutos. E nestes 5 minutos obtém a autonomia total deste tipo de veículos. 

 

Por exemplo, no caso do Hyundai NEXO um abastecimento total de hidrogénio, ou seja em 5 minutos, obtém uma autonomia de até 666 km.

 

hyundai nexo

 

5 vantagens dos automóveis a hidrogénio

 

  • Abastecimento rápido

 

Como se explicou previamente, com um abastecimento de 5 minutos consegue-se carregar cerca de 6 kg de hidrogénio. Esta quantidade concede-lhe autonomias elevadas, no caso do Hyundai Nexo mais de 600 km.

 

  • Autonomias elevadas

 

A tecnologia de fuel cell (pilha de hidrogénio) proporciona autonomias elevadas que, facilmente, passam os 500 km.

 

Uma vez que os elétricos convencionais também já começam a apresentar estes níveis de autonomia, a grande vantagem dos carros movidos a hidrogénio face aos elétricos convencionais, reside na rapidez com a qual se obtém esta autonomia.

 

Atualmente, um carro elétrico tradicional leva, no mínimo, uns 30 a 40 minutos para atingir estes valores de autonomia (utilizando os superchargers). Em contrapartida, num automóvel a hidrogénio só são precisos 5 minutos, tal como num carro a combustão tradicional.

 

  • Não emitem gases poluentes

 

A proteção ambiental tem sido a grande responsável para que as fabricantes procurem novas formas de mobilidade ecológicas.

 

Nesta matéria a tecnologia que utiliza o hidrogénio também apresenta um comportamento exemplar, onde não existe a emissão de qualquer gás poluente durante a sua circulação.

 

  • Purificam o ar

 

Este ponto encontra-se relacionado com o tópico anterior: preservação ambiental.

 

Para além de não emitirem qualquer tipo de gases poluentes, os carros movidos a hidrogénio purificam o ar. Como? Através da libertação de vapor de água para o meio ambiente. 

 

  • Não consomem recursos naturais não renováveis

 

Os veículos a combustão movidos a diesel, gasolina e gás, recorrem ao uso de combustíveis fósseis. Estes combustíveis fósseis são recursos naturais não renováveis. Como tal, o seu uso deve ser moderado.

 

Também os carros elétricos tradicionais podem consumir recursos naturais não renováveis, mas neste caso de forma indireta. Tudo isto dependerá da forma como a eletricidade é produzida.

 

Já o hidrogénio é um recurso renovável e é o elemento químico mais abundante na terra. Este pode ser obtido de várias formas, como por exemplo através da extração da água.

 

  • Facilidade de adaptação da rede de combustíveis fósseis

 

Apesar de ser uma operação dispendiosa, a adaptação da atual rede de combustíveis poderia ser viável para armazenar hidrogénio. 

 

Desta forma, é mais simples criar uma infraestrutura de abastecimento mais ampla.

 

5 desvantagens dos automóveis movidos hidrogénio

 

  • Dispendioso

 

Apesar de ser um recurso renovável e que existe em abundância, o processo de obtenção deste elemento é financeiramente dispendioso.

 

  • Incentivos do estado

 

Apesar de serem elétricos e totalmente livre de gases poluentes, os carros movidos a hidrogénio não usufruem dos incentivos e benefícios económicos do estado para carros elétricos.

 

  • Volatilidade

 

O hidrogénio tem um nível de energia muito elevado. Como tal, acaba por ser um gás altamente inflamável e volátil.

 

Com isto não quer dizer que os carros não sejam seguros. No entanto, é preciso manusear, transportar, armazenar e abastecer os carros com segurança.

 

Esta volatilidade faz com que o seu transporte e armazenamento sejam mais complexos do que a gasolina ou diesel.

 

  • Pode ser poluente

 

O hidrogénio em si não é poluente. No entanto, caso não seja produzido / extraído da forma mais limpa e ecológica, este processo também pode requerer o uso de combustíveis fósseis.

 

Ou seja…

 

Como se verificou ao longo desta guia completo sobre carros movidos a hidrogénio, estes são 100% ecológicos. Para além de não emitirem gases poluentes para a atmosfera, ainda produzem vapor de água que purifica o ar.

 

Esta é uma tecnologia que ainda não se encontra muito desenvolvida em Portugal, sobretudo pelo custo da tecnologia e pelo custo de obtenção de hidrogénio, entre outros.

 

No entanto, tudo indica que grande parte da mobilidade ecológica poderá passar pelo hidrogénio porque este apresenta inúmeras vantagens, nomeadamente: elevadas autonomias, abastecimentos rápidos, impacto positivo no ambiente e na sua preservação.

 

De forma a preparar o futuro, responder às necessidades do segmento automóvel e dos condutores, a Hyundai conta com o NEXO, um carro movido a hidrogénio que apresenta uma autonomia superior a 600 quilómetros.

Ekonomista
Ekonomista O Ekonomista é um publisher de referência nacional com expertise editorial na área de Motores. Como parceiros da Blue Academy, a nossa missão é descomplicar os temas relacionados com a eco mobilidade.
motor a hidrogenio

Como funciona o motor a hidrogénio?

Por Hyundai Portugal
hyundai nexo - carros a hidrogénio em portugal

O futuro dos carros a hidrogénio em Portugal

Por Hyundai Portugal
Hyundai Nexo - Carro a Hidrogénio

Carros a Hidrogénio: Vantagens e Desvantagens destes veículos

Por Hyundai Portugal
carros-hyundai

Hyundai Motor revela compromisso em atingir a neutralidade carbónica no IAA Mobility 2021

Por Hyundai Portugal
Hydrogen wave

Hyundai Motor Group revela a sua visão futura de uma sociedade a hidrogénio

Por Hyundai Portugal
Hyundai torna-se acionista da H2 MOBILITY

Hyundai torna-se acionista da H2 MOBILITY

Por Hyundai Portugal
XCIENT Fuel Cell

XCIENT Fuel Cell: Hyundai reforça design e performance do camião

Por Hyundai Portugal
Hyundai Nexo

Hyundai NEXO bate recorde mundial de distância percorrida com apenas um depósito

Por Hyundai Portugal
Hyundai NEXO

Hidrogénio: Combustível do Futuro?  

Por Hyundai Portugal
Equipa Forze Hydrogen Racing

Hyundai Motor estabelece parceria com a Forze Hydrogen Racing

Por Hyundai Portugal
Hyundai NEXO na estrada

Mobilidade a hidrogénio: verde e sustentável

Por Hyundai Portugal
Hyundai NEXO carro a hidrogénio

Hyundai NEXO conquista prémio “Alternative Car of the Year”

Por Hyundai Portugal
Top