carro a hidrogénio a andar na estrada

Carros a hidrogénio: o que são, como funcionam e quais as vantagens

Ekonomista
Por Ekonomista 14 Agosto 2020  •  5 Minutos
carro a hidrogénio a andar na estrada
Os carros a hidrogénio são uma tecnologia disruptiva do setor automóvel. Mas, como é que funciona este sistema e quais as suas vantagens? Saiba tudo aqui.

 

O setor automóvel tem evoluído a passos largos e de dia para dia. Atualmente, colocam-se muitas questões de como será o setor automóvel e se os carros elétricos vieram para ficar. Mas, e os carros a hidrogénio? 

 

Em Portugal, ainda existe um elevado desconhecimento sobre esta tecnologia. Por isso, se é a primeira vez que está a ler sobre automóveis movidos a hidrogénio, não se preocupe.

 

Vamos então por partes para que fique esclarecido e conheça mais detalhadamente esta tecnologia ecológica.

 

O que são e como funcionam os carros a hidrogénio?

 

um dos carros a hidrogénio estacionado na rua

 

Os carros a hidrogénio, também conhecidos como carros fuel cell ou célula de combustível ou ainda a pilha de hidrogénio, são veículos elétricos que utilizam o hidrogénio como fonte de energia.

 

A principal diferença entre um carro a hidrogénio e os restantes veículos elétricos é que os carros a hidrogénio produzem a eletricidade no próprio veículo, não sendo necessária uma ligação à rede elétrica.

 

O conjunto de fuel cells montados em série no automóvel juntam o hidrogénio presente no tanque de abastecimento do veículo e o oxigênio retirado do ambiente exterior. Esta junção produz uma reação que por sua vez é aproveitada para gerar energia eléctrica.

 

É esta energia gerada através da reação que alimenta o motor elétrico e carrega a bateria do automóvel.

 

Os automóveis a hidrogénio também possuem uma bateria, mas bem mais pequena que a encontrada nos restantes veículos elétricos (de apenas cerca de 1,6 kWh e não 40 kWh ou mais), utilizada apenas para a fase de arranque do veículo e nos momentos em que é exigido ao automóvel atingir elevados picos de potência.

 

Se o oxigénio utilizado pelo veículo no processo de geração de energia é extraído do meio ambiente, o mesmo não acontece com o hidrogénio. Assim, saiba que é necessário abastecer o veículo com este elemento químico (hidrogénio).

 

E aqui encontra-se uma outra vantagem face aos restantes veículos elétricos: um abastecimento de 6 kg de hidrogénio pode demorar apenas cerca de cinco minutos, e é o suficiente para atingir a autonomia total de grande parte destes veículos.

 

Serão os automóveis a hidrogénio o futuro?

 

São vários os fabricantes automóveis e personalidades ligadas ao mercado automóvel que afirmam que os carros a hidrogénio são o futuro.

 

Embora vejamos um aumento na procura por veículos elétricos, no futuro os carros a hidrogénio serão a tecnologia preferencial, por diversos motivos.

 

A tecnologia fuel cell não emite gases poluentes e é ainda mais amiga do ambiente que os restantes veículos elétricos, pois permite filtrar e purificar o ar durante a condução: estes veículos emitem vapor de água e oxigénio.

 

O facto de não serem carregados através de ligação à rede de energia elétrica evita a necessidade de criação de uma rede de carregamento extensa.

 

Os postos de abastecimento de hidrogénio podem ser acrescentados aos postos de abastecimento existentes na atualidade, podendo o hidrogénio ser armazenado até na superfície.

 

O abastecimento com hidrogénio é rápido, tal como o abastecimento de veículos a combustão. Para além disso, não é necessária uma grande quantidade de hidrogénio para atingir a totalidade da autonomia do automóvel.

 

A produção de hidrogénio pode ser realizada de diversas formas, sem a emissão de gases poluentes ou o consumo de recursos naturais.

 

Em caso de acidente, o hidrogénio evapora, sendo mais seguro que os veículos que utilizam combustíveis fósseis.

 

Atualmente, estes veículos ainda não são comercializados em Portugal.

 

Os maiores obstáculos são: a inexistente rede de produção e abastecimento de hidrogénio e o facto das matérias primas utilizadas para produzir as baterias destes veículos serem caras, fazendo com que os próprios veículos sejam também mais caros.

 

Contudo, o avançar da tecnologia permite a utilização de outros materiais e a diminuição do preço de venda destes veículos.

 

Vantagens dos automóveis a hidrogénio

 

  • Abastecimento rápido
  • Autonomias elevadas
  • Não emitem gases poluentes
  • Libertam vapor de água, purificando o ar
  • Não consomem recursos naturais
  • O hidrogénio é um elemento seguro, caso se liberte para a atmosfera
  • Facilidade de adaptação da rede de combustíveis fósseis para fornecer hidrogénio

 

Hyundai Nexo: o carro do futuro no presente

 

O Hyundai Nexo é a materialização do carro do futuro.

 

Com um exterior apelativo e claramente aerodinâmico, e com um interior espaçoso onde foram utilizados materiais ecológicos, o que distingue este automóvel dos restantes veículos da Hyundai é, efetivamente, a tecnologia fuel cell (pilha de hidrogénio).

 

Este SUV, movido exclusivamente a hidrogénio, não tem emissões poluentes e ainda ajuda a purificar o ar quando se encontra em movimento, através da emissão de vapor de água.

 

Aliás, e a título de curiosidade, quando em movimento, o Hyundai Nexo é capaz de purificar o ar na quantidade que dois veículos diesel poluem ao percorrer uma igual distância.

 

Este veículo ajuda, assim, não só a preservar, mas a melhorar o meio ambiente.

 

Para demonstrar como o vapor de água produzido por este veículo é seguro para o meio ambiente, a Hyundai convidou a atleta olímpica Mireia Belmonte para treinar dentro de uma bolha diretamente ligada ao tubo de escape do Hyundai Nexo.

 

atleta a correr e a respirar hidrogénio

 

O vapor de água produzido por este automóvel é tão puro que pode ainda ser utilizado para vários fins, nomeadamente, para regar o jardim.

 

Para além disso, como é no motor fuel cell que é produzida a energia elétrica, o automóvel pode também ser ligado à rede doméstica e passar parte da energia armazenada para os equipamentos domésticos.

 

Com uma autonomia estimada de 666 quilómetros (WLTP), são apenas necessários cerca de cinco minutos para abastecer este automóvel na sua totalidade.

 

O seu motor elétrico tem 163 cavalos de potência e 395 Nm de binário máximo.

 

O Hyundai Nexo atinge os 179 km/h de velocidade máxima (velocidade limitada eletronicamente) e vai dos 0 aos 100 km/h em 9,2 segundos.

 

Tecnologia

 

A nível de equipamento tecnológico, destaca-se o assistente inteligente de estacionamento que permite estacionar o automóvel de forma automática, encontrando-se, ou não, o condutor dentro do veículo.

 

Para além do assistente de estacionamento, este veículo pode ainda ser equipado com a opção de condução autónoma.

 

O Nexo contém ainda o assistente de faixa de rodagem (Lane Following Assist e Highway Driving Assist) e a captação de imagem de ângulo morto através da câmara traseira (Blind Spot View Monitor).

 

Estas são algumas das inovadoras e surpreendentes características do primeiro automóvel a hidrogénio da Hyundai. 

 

Para a Hyundai, certamente, o futuro passará também pelo hidrogénio. E para si?

Ekonomista
Ekonomista O Ekonomista é um publisher de referência nacional com expertise editorial na área de Motores. Como parceiros da Blue Academy, a nossa missão é descomplicar os temas relacionados com a eco mobilidade.
close-up num motor a hidrogénio

Motor a hidrogénio: será este o futuro da mobilidade elétrica?

Por Ekonomista
Hyundai Exporta Tecnologia Fuel Cell para Toda a Europa

Tecnologia Fuel Cell chega à Europa

Por Hyundai Portugal
Hyundai faz parceria com o suiço Bertrand Piccard

Reforçada pesquisa de mobilidade ecológica

Por Hyundai Portugal
XCENT: o primeiro camião movido a hidrogénio

Veículos a Hidrogénio: por um futuro sem emissões

Por Hyundai Portugal
Kauai Electric e IONIQ em parceria com o Museu Van Gogh

A arte de mãos dadas com a mobilidade ecológica

Por Hyundai Portugal
Frotas Policiais Europeias passam a integrar carros elétricos da Hyundai

Carros Ecológicos em Frotas Policiais europeias

Por Hyundai Portugal
Mireia Belmonte respira emissões do Hyundai NEXO

É possível respirar pelo tubo de escape de um carro a hidrogénio

Por Hyundai Portugal

NEXO: 6 curiosidades sobre o carro a hidrogénio

Por Hyundai Portugal
Top