subscrever newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba as novidades em primeira mão

Sucesso!

A sua subscrição foi registada!
carro eletrico na estrada

Ter carro elétrico compensa?

Por Hyundai Portugal
Publicado em 11 Agosto 2022  •  2 Minutos
carro eletrico na estrada

Os portugueses estão cada vez mais sensíveis ao seu uso, mas será que ter um carro elétrico compensa? Em 2021, o número de carros 100% elétricos vendidos em Portugal aumentou 69%, numa tendência que vem de trás e que deverá manter-se este ano. Em março, por exemplo, a venda de veículos elétricos já superou a venda de veículos com motor a gasóleo.

 

O que explica este interesse crescente pelos carros elétricos? A resposta mais óbvia está relacionada com a necessidade de protegermos o planeta, travarmos as alterações climáticas e assegurarmos um futuro mais saudável e sustentável para todos. Neste ponto, o carro elétrico compensa porque não emite gases com efeitos de estufa. É mais limpo e amigo do ambiente. 

 

Mas será que escolher um carro elétrico também compensa em termos económicos? De um ponto de vista estritamente prático, vale a pena investir na mobilidade elétrica?

 

Ter carro elétrico compensa, economicamente falando. 


Ao argumento ecológico, os automóveis elétricos também somam claras vantagens económicas. Com as constantes oscilações e incertezas no que toca ao preço dos combustíveis fósseis (gasolina e gasóleo), a eletricidade é uma opção muito mais barata e segura. E é ainda mais vantajosa se o carregamento for feito em casa ou num condomínio, onde a energia é mais barata. Por outro lado, os custos de manutenção dos automóveis elétricos são mais baixos dos que a dos veículos a combustão e as baterias duram muito mais tempo.

 

Mas há ainda outros argumentos económicos a favor dos carros elétricos. Se adquirir um veículo novo 100% elétrico, pode candidatar-se a um incentivo até 4000€, que aumenta para 6000€ nos ligeiros de mercadorias totalmente elétricos (particulares e para empresas).

 

Além disso, os automóveis 100% elétricos não pagam o Imposto sobre Veículos (ISV) nem o Imposto Único de Circulação (IUC), que em média representam cerca de 20% do custo de um automóvel novo. E ainda beneficiam da isenção ou redução no pagamento de parquímetros. Também aqui, o carro elétrico compensa

 

Resta, porém, uma pergunta: um elétrico garante a mesma liberdade e autonomia de um automóvel a combustão? Até onde é possível ir com um elétrico?

 

Carro elétrico compensa e pode ir onde quiser, sem problemas.


Os modelos elétricos mais recentes já oferecem uma autonomia muito considerável. O
IONIQ 5 da Hyundai, por exemplo, oferece uma autonomia até 710 km (condução em cidade), o que lhe permite realizar viagens longas sem necessidade de carregamento. 

 

Por outro lado, a rede de postos de carregamento está em rápida expansão, abrangendo já todo o território continental e ilhas, e com diferentes tipos de potência para carregamentos normais, rápidos e ultrarrápidos. A rede pública é de acesso livre e universal. Isto significa que um condutor pode atravessar o país em todas as direções sem problemas de carregamento nem restrições de nenhuma espécie. 

 

Existem várias aplicações grátis para telemóvel ou portais online onde é possível pesquisar a localização de Postos de Carregamento e a sua disponibilidade em tempo real.  Consulte aqui o mapa da rede Mobi.E.

 

Em conclusão: conduzir um carro elétrico compensa.

Hyundai Portugal Pioneira desde 1997 na tecnologia de pilha de combustível, a Hyundai apresentou em 2015 quatro veículos ecológicos diferentes para somar à sua gama ecológica. No final de 2018 a marca sul coreana foi mais longe e desenvolveu a tecnologia mild hybrid 48 volts para as suas motorizações diesel. A Hyundai assume a liderança na ecomobilidade por ser a única marca a disponibilizar ao mercado Europeu cinco tipos de motorizações eletrificadas diferentes, nomeadamente o Hyundai IONIQ nas versões Electric, Plug-in e Hybrid, o Hyundai KAUAI Electric, o NEXO Fuel Cell e o Hyundai Tucson 48 volts. Em 2018 a Hyundai foi a segunda marca mais vendida neste segmento. Até 2025 a Hyundai prevê lançar 44 modelos ecológicos novos, estabelecendo assim um novo recorde na indústria automóvel, entre veículos híbridos, plug-in híbridos, 100% elétricos e fuel cell.
Top