bateria de um carro elétrico

O que precisa de saber sobre as baterias dos carros elétricos

Ekonomista
Por Ekonomista 12 Outubro 2020  •  7 Minutos
bateria de um carro elétrico

Está à procura de informação sobre as baterias dos carros elétricos? Encontre o que precise e descubra como cuidar deste componente.

 

As baterias dos carros elétricos são um dos componentes centrais nos veículos elétricos.

 

A sua capacidade influenciará a autonomia do veículo e o seu correto funcionamento impactará todos os sistemas do automóvel.

 

E no caso de ser necessário substituir a bateria? Provavelmente serão necessários alguns milhares de euros, visto que é um componente bastante caro.

 

De facto, o custo da substituição das baterias é um dos fatores que mais preocupa os interessados em veículos elétricos.

 

Contudo, a necessidade de substituição da bateria não é muito comum.

 

Aliás, nos casos em que a bateria é composta por módulos, por vezes a substituição de apenas alguns desses módulos é suficiente, não sendo necessária a substituição da bateria completa.

 

E a vida útil da bateria é também bastante longa. Embora não existam ainda conclusões totalmente fundamentadas, pois a tecnologia é bastante recente, grande parte dos fabricantes aponta para uma vida útil de cerca de 10 anos.

 

E, se à segurança de um componente com uma longa vida útil, for possível acrescentar uma garantia igualmente longa, ainda melhor.

 

As baterias dos veículos elétricos Hyundai estão cobertas por uma garantia de até 8 anos ou 200.000 km, no caso do IONIQ EV. No caso do KAUAI EV, a partir do MY20 (e versões seguintes) a bateria está protegida com uma garantia de 8 anos ou 160.000 km, o que acontecer primeiro, com exceção do KAUAI EV até ao MY20 que tem, tal como o IONIQ, uma garantia de bateria de 8 anos ou 200.000 km.

São vários e longos anos, ou quilómetros, durante os quais poderá ficar totalmente descansado.

 

Neste artigo vamos analisar os principais aspetos relacionados com as baterias dos carros elétricos, nomeadamente a garantia, vida útil, principais aspetos que afetam a sua longevidade e dicas para a sua preservação.

 

Se este tópico lhe interessa, leia este artigo.

 

Toda a informação sobre as baterias dos carros elétricos

 

carro hyundai kauai a carregar

 

A capacidade da bateria, medida em kWh, determina a quantidade de energia que é possível armazenar na mesma.

 

Neste sentido, quanto maior a capacidade da bateria, maior será a autonomia do veículo.

 

Para além deste aspeto, a bateria tem ainda um outro papel muito importante: é ela que fornece a energia necessária a todos os componentes do veículo elétrico.

 

E com os vários carregamentos da bateria ao longo do tempo, esta tende a perder alguma da sua capacidade, ou seja, a sua autonomia pode ir diminuindo ao longo dos anos.

 

Como qualquer outro componente, automóvel ou não, o desgaste acaba por se fazer sentir com o passar do tempo. E as baterias elétricas não são exceção.

 

Embora a necessidade de reparação da bateria dos veículos elétricos não seja muito comum devido à sua elevada durabilidade, pode, eventualmente, ser necessária.

 

Como referido, no caso em que as baterias sejam compostas por módulos, como é o caso das baterias Hyundai, a reparação pode implicar apenas a substituição de alguns desses módulos. Isto diminui os custos e tempo de reparação, o que é extremamente vantajoso.

 

A reparação da bateria não é um processo complexo, pois trata-se de um sistema simples. Os problemas com este componente também são facilmente detetados através da análise de anomalias realizada por parte do próprio veículo.

 

Contudo, embora raros, os problemas com as baterias dos carros elétricos podem acontecer e, nessa altura, é essencial ter uma garantia que cubra este componente.

 

Garantia das baterias de carros elétricos

 

A garantia das bateria de carros elétricos varia de fabricante para fabricante, não existindo legislação própria para as baterias deste tipo de veículo.

 

Os veículos 100% elétricos da Hyundai encontram-se equipados com uma bateria de iões de lítio de alta voltagem. Esta bateria tem uma excelente fiabilidade e, ainda, eficiência de carga e descarga.

 

Esta elevada eficiência e menor sensibilidade de memória potencia a durabilidade da bateria e, consequentemente, a sua vida útil.

 

Contudo, eventuais problemas podem surgir e, nesse caso, ter uma garantia de 8 anos ou 160.000 kms (ou 200.000 kms para o modelo KAUAI EV até à versão MY20), é uma segurança adicional.

 

Os restantes componentes do sistema de alta voltagem têm também uma garantia de 7 anos sem limite de quilómetros.

 

Saber que dificilmente terá algum problema com a bateria do carro elétrico, mas que, na eventualidade deste surgir, tem uma garantia que cobre a sua reparação na totalidade, é mais uma das vantagens associadas aos veículos elétricos.

 

Vida útil das baterias de carros elétricos

 

A tecnologia elétrica adaptada aos veículos automóveis é relativamente recente. Por este motivo, ainda não foi possível obter conclusões fundamentadas em experiências reais no que diz respeito à vida útil das baterias de carros elétricos.

 

Na falta de dados devidamente verificados e validados, é necessário extrair conclusões das informações disponibilizadas até ao momento.

A vida útil das baterias de carros elétricos depende de vários fatores, nomeadamente:

 

  • o material da própria bateria (iões de lítio; híbridas de níquel, entre outras);
  • a capacidade da bateria;
  • os ciclos de carga (quantos mais ciclos de carga/descarga, maior o desgaste);
  • o estilo de condução do utilizador do veículo;
  • a utilização dos sistemas do automóvel (o ar condicionado, por exemplo, consome uma quantidade considerável de energia elétrica).

 

Os fabricantes apontam para uma vida útil média de cerca de 10 anos. E a realidade é que não são muitos os casos de necessidade de reparação da bateria.

 

A longevidade da bateria depende também da sua correta preservação. Nesse sentido, é necessário conhecer os principais fatores que afetam a capacidade das baterias e, consequentemente, comprometem a sua vida útil.

 

Fatores que comprometem a durabilidade das baterias de carros elétricos

 

Com o passar do tempo, é normal que a bateria perca alguma da sua capacidade.

 

A bateria tem como que uma “idade” que é muito mais que o tempo. Como vimos no ponto anterior, a vida útil da bateria depende de vários fatores.

 

À medida que a bateria é afetada por esses fatores, a sua capacidade de armazenamento de bateria diminui. Isto significa que será menor a autonomia, ou o número de quilómetros a percorrer, até ser necessário carregar novamente a bateria.

 

Por exemplo, se quando a bateria é nova e o seu estado/capacidade é de 100% e consegue percorrer 400 km até necessitar de carregar novamente a bateria, passado algum tempo, quando a bateria tiver apenas 95% da sua capacidade, talvez a autonomia diminua para 370 km.

 

Os principais fatores que podem influenciar a vida útil da bateria elétrica, e aos quais deve estar atento, são:

 

  • o tipo de carregamento utilizado;
  • a gestão da bateria do automóvel;
  • as condições climatéricas.

 

Contudo, existem várias formas de evitar um rápido desgaste da bateria. Se forem tidos alguns cuidados, a capacidade da bateria e a sua vida útil pode ser salvaguardada.

 

Como preservar as baterias de carros elétricos

 

carro elétrico a carregar

 

1. Dar preferência aos carregamentos lentos

 

Os carregamentos lentos preservam a integridade das baterias. Assim, é sempre preferível carregar o automóvel neste tipo de postos de carregamento.

 

Contudo, é normal precisar de utilizar também postos de carregamento rápidos. E não há qualquer problema em utilizar estes postos. Não pode é ser a regra.

 

Carregamentos rápidos pouco regulares poderão contribuir para a diminuição da capacidade da bateria em cerca de 1% a cada ano.

 

Por outro lado, se os carregamentos rápidos forem a principal forma de carregamento, a diminuição da capacidade da bateria será mais elevada que 1% ao ano.

 

Pode não parecer muito, mas ao fim de alguns anos podemos estar a falar de cerca de 10% de diferença na capacidade máxima da bateria.

 

2. Evitar carregamentos frequentes de curta duração

 

Deve, sempre que possível, evitar colocar o carro a carregar em curtos períodos de tempo, mesmo que em carregamentos lentos.

 

Estes carregamentos frequentes e de curta duração vão comprometer a durabilidade da bateria. 

 

Quase que se pode comparar esta bateria à de um smartphone ou de um computador.

 

3. Evitar carregar ou descarregar totalmente a bateria

 

O ideal será ter sempre a carga da bateria entre os 20% e os 80% de capacidade máxima. Abaixo deste valor mínimo, ou acima deste valor máximo, a bateria poderá sofrer um maior desgaste.

 

Nunca espere que o veículo descarregue totalmente para o colocar a carregar. Embora muitas pessoas pensem que isso é o ideal, não é. Principalmente quando se tratam de baterias de iões de lítio.

 

Carregar o automóvel apenas até aos 80% da sua capacidade máxima comprometem a autonomia do veículo. Aqueles 20% significam ter bastantes mais quilómetros de autonomia.

 

No entanto, a longo prazo, esta opção é mais vantajosa pois permite preservar a vida útil da bateria.

 

Não carregar a bateria na sua totalidade tem uma vantagem: é possível o armazenamento da energia gerada pelo sistema de travagem regenerativa. Se a bateria tiver 100% da sua carga, esta energia não será aproveitada.

 

Se necessitar imobilizar o veículo por um longo período de tempo, por exemplo, duas semanas, o ideal será deixar a carga da bateria num valor intermédio, próximo dos 50% ou 60%.

 

4. Evitar a exposição a temperaturas extremas

 

As condições climatéricas podem ter impacto na durabilidade da bateria elétrica.

 

A exposição a temperaturas extremas, principalmente temperaturas muito elevadas, diminui a vida útil das baterias.

 

Sempre que possível, o veículo deve ser estacionado em locais com temperaturas amenas, resguardado da exposição solar ou do frio extremo.

 

Nem sempre é possível colocar o automóvel numa garagem, mas se for possível, esta deve ser sempre a opção privilegiada.

 

E quando se chega ao final da vida útil da bateria?

 

Baterias com capacidade máxima de 70% ou 80% já apresentam uma capacidade bastante condicionada. Nesta altura, o ideal será substituir a bateria.

 

Chegadas a esta fase, as baterias elétricas ganham uma nova vida, pois podem ser reutilizadas ou, até, recicladas.

 

A Hyundai aposta na reutilização e reciclagem das baterias elétricas como forma de otimizar recursos, reduzir emissões de CO2 e alertar para a responsabilidade ambiental e social.

 

As baterias dos carros elétricos em fim de vida podem ser utilizadas para armazenar eletricidade nos setores doméstico, empresarial ou industrial. 

 

O ciclo de vida das baterias não tem que se esgotar quando a sua capacidade já não é suficiente para alimentar um veículo elétrico.

Tecnologia associada

Carros Elétricos Com uma bateria de grande capacidade terá toda a liberdade de que precisa.
Ekonomista
Ekonomista O Ekonomista é um publisher de referência nacional com expertise editorial na área de Motores. Como parceiros da Blue Academy, a nossa missão é descomplicar os temas relacionados com a eco mobilidade.
três carros hyundai estacionados

Investir em carros elétricos usados: sim ou não?

Por Ekonomista
Carros 100% elétricos Hyundai

Principais diferenças entre um carro 100% elétrico e um a combustão

Por Ekonomista
Carro elétrico a carregar em posto de carregamento

Consumo de carros elétricos: os custos que deve ter em conta para planear uma viagem

Por Hyundai Portugal
Cartão Galp a ser usado em posto de carregamento

O que estamos a pagar quando utilizamos um posto de carregamento?

Por Galp
Veículo elétrico estacionado

Segurança dos carros elétricos: tudo o que precisa de saber

Por Ekonomista
Traseira do carro elétrico Hyundai KAUAI

Os carros elétricos poluem mais: mito ou verdade?

Por UVE
Hyundai faz parceria com o suiço Bertrand Piccard

Reforçada pesquisa de mobilidade ecológica

Por Hyundai Portugal

Como conduzir um carro elétrico: dicas para economizar a autonomia

Por Ekonomista
Aparelho wallbox a carregar um veículo elétrico

EDP ajuda empresas portuguesas a adaptarem-se à mobilidade elétrica

Por EDP
IONIQ é a nova marca da Hyundai para veículos elétricos

IONIQ: a marca para novos carros elétricos

Por Hyundai Portugal

Tudo sobre os incentivos para a compra de carros elétricos

Por Ekonomista

Híbrido ou Elétrico: diferenças, vantagens e para quem se destinam

Por Ekonomista
Top